quarta-feira, 5 de agosto de 2009


Noite fria e iluminada
Vou ter com quem desejo
Em sonhos já a tive
Na realidade por ela anseio
..
Ela abriu-me a porta
E ao olhar penetrei-lhe no coração
Vendo os sentimentos que ela tinha
Sentindo aquela forte paixão
..
Disse-lhe a ela vem aqui
E um abraço forte dei
E no ouvido disse não tenhas medo
E os seus lábios beijei
..
Enfeiticei-a com o meu encanto
E poesias no seu corpo escrevi
Com o toque mais suave e delicado
Pois sempre assim a senti
..
Ela era a flor mais delicada
Com a suavidade de uma pétala
Foi assim esta noite que de fria
Passou a ser a mais bela

Nenhum comentário: